Nossa Senhora  de Aparecida

Dia 12 de outubro

História de Nossa Senhora  de Aparecida

Em 1717,  o Conde de Assumar, e também Govenador da província de São Paulo e Minas Gerais, o Dom Pedro de Almeida  Portugal, iria passar na Vila de Santo Antônio em Guaratinguetá, resolveram oferecer para ele um banquete. Então convocaram os pescadores,  Domings Garcia, Felipe Pedroso e João Alves, para pegarem peixe no rio Paraiba, mas com várias tentativas, nada conseguiam pescar. Porem, derrepente pegaram um corpo de ima imagem, um pouco abaixo no rio, pegaram a cabeça de imagem, e dois dois padaços se encaixaram perfeitamente. Parecia a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Embrulharam a imagem em um pano. 
Quando admirados com o fato, voltaram a jogar a rede, mas desta vêz esta veio cheia de peixes.  Antes de levarem os peixes para o banquete, passaram em casa e deixaram a imagem, que uniram as duas parte com cera.  
Silvana esposa de Domingos e irmã de Felipe e Mãe de João, colocou a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida num altar da casa da família e começaram a rezar, agradecendo o que acharam que a pescaria foi um milagre. 
Assim começou a devoção, e todo sabado se reunião na casa, eles e visinhos e rezavam o Santo  Terço e a Ladainha de Nossa Senhora. 
A fama da imagem cresceu e passou a vim pessoas de vários lugares para ver a imagem, e milagres começaram a acontecer. 
Foi construido no local uma pequena capela, isto no Porto de Iguaçu, que logo se tornou pequena.
Em 17 de dezembro de 1928, a vila que se formara ao redor da igreja no alto do Morro dos Coqueiros tornou-se Município, vindo a se chamar Aparecida, em homenagem a Nossa Senhora, que fora responsável pela criação da cidade. A rainha e padroeira do Brasil Nossa Senhora da Conceição Aparecida, foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial em 16 de julho de 1930, por decreto do papa Pio XI, sendo coroada. Pela Lei nº 6.802 de 30 de junho de 1.980, foi decretado oficialmente feriado no dia 12 de outubro.

Doce Coração de Maria, sede nossa salvação !

Primeira Capela

Em 1734, o vigário de Guaratinguetá construiu uma capela no alto do morro dos Coqueiros, com a ajuda do filho de Felipe Pedroso ( que não queria construir a capela no alto do morro dos coqueiros, pois achava mais fácil para o povo entrar na capela logo abaixo, ao lado do povoado) aberta à visitação pública em 26 de julho de 1745. Em 20 de abril de 1822, em viagem pelo Vale do Paraíba, Dom Pedro I e sua comitiva visitaram a capela e a imagem de Nossa Senhora.

O milagres

Milagre das velas - Ocorreu por volta de 1733 - Tinha duas velas acesas ao lado da imagem de Nossa Senhora, derrepente elas se apagaram, e sem que ninguém tocasse nelas voltaram a acender.
Milagres da correntes - Em 1850 quando o escravo Zacarias era conduzido e tendo correntes em suas mãos e pés, ao passar em frente a Imagem de Nossa Senhora, pediu para parar um pouco para rezar, o que seu condutor deixou, e milagrosamente as correntes se soltaram.
Milagre da Ferradura - Uma pessoa a cavalo que estava indo de Cuiabá para Minas Gerais, ao passar por Aparecida, viu a fé dos remeros e zombava, dizendo que aquilo era tudo uma bobagem, entam tentou entrar com o cavalo dentro da Igreja, (Bsilica mais Antiga), mas a pata do cavalo se predeu a pedra da escada da igreja, a marca da ferradura ficou cravada na pedra, o cavalheiro arrependido, rezou pedido perdão e se tornou devota de Nossa Senhora de Aparecida.
A cura da visão da menina -  Quando uma mãe com sua filha que era cega de nasceça, caminhava nas margens do Rio Paraiba, derrepente a menina olhando para a direção da Basílica Antiga, disse: "olha mãe como é linda aquela igreja", era a cura da visão da menina, . 
O menino - O pai e seu filho estavam pescano no Rio Paraiba e a correnteza estava muito forte, o menino caiu no rio, e não sabia nadar,  e começou a ser levado pela correnteza, o pai pediu a Nossa Senhora, o menino parou de ser arrastado pela correnteça e o pai o resgatou.
Foram vários milagres que aconteceram através da intercessão de Nossa Senhora de Aparecida,  e as pessoas vam lá para agradecer.

A Primeira Basílica

Primeira igreja (basílica velha) Em 1834 foi iniciada a construção de uma igreja maior (a atual Basílica Velha) para acomodar e receber os fiéis que aumentavam significadamente, sendo solenemente inaugurada e benzida em 8 de dezembro de 1888. Em 28 de outubro de 1894, chegou a Aparecida um grupo de padres e irmãos da Congregação dos Missionários Redentoristas, para trabalhar no atendimento aos romeiros que acorriam aos pés da imagem para rezar com a Senhora "Aparecida" das águas. Instalação da basílica No dia 29 de Abril de 1908, a igreja recebeu o título de Basílica Menor, sagrada a 5 de setembro de 1909 e recebendo os ossos de são Vicente Mártir, trazidos de Roma com permissão do Papa.

A Catedral - Basílica de Nossa Senhora Aparecida

Começou a ser construída em 11 de novembro de 1955, e foi solenemente sagrada em 4 de julho de 1980, pelo Papa João Paulo II. Sete milhões de romeiros visitam o Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida todos os anos, para rezar, pedir e agradecer a Nossa Senhora. Em 1967, ao completar-se 250 anos da devoção, o Papa Paulo VI ofereceu ao Santuário a “Rosa de Ouro”, gesto repetido pelo Papa Bento XVI que ofereceu outra Rosa, em 2007, em decorrência da sua Viagem Apóstolica ao país nesse mesmo ano, reconhecendo a importância da santa devoção. Em 4 de julho de 1980 o papa João Paulo II, em sua histórica visita ao Brasil, consagrou a Basílica de Nossa Senhora Aparecida, o maior santuário mariano do mundo, em solene missa celebrada, revigorando a devoção à Santa Maria, Mãe de Deus e sagrando solenemente aquele grandioso monumento construído com o carinho e devoção do povo brasileiro.
Ela esta localizada na cidade de Aparecida, no Estado de São Paulo, Brasil.

Vale apena conhecer, pois além da Catedral, tem também Museu de Ceras com imagens que parecem real, a sala dos milagres, o teleférico, o Morro do Cruzeiro, e muitos mais.

Aparecida.jpg
Basilica.jpg
Basilica_1.jpg